Category

ENTRETENIMENTO

Category
????????????????????????????????????

As quatro agremiações campeãs do Carnaval Tradição de João Pessoa, que integra a programação do Carnaval de Boa, desfilam neste sábado (29), a partir das 18h, na Avenida Floriano Peixoto, no bairro de Jaguaribe. O evento é uma iniciativa da Associação dos Clubes de Orquestra de Frevo (Acof).

A concentração para o desfile será na Avenida Capitão José Pessoa, de onde as agremiações saem pela Avenida Floriano Peixoto em direção à Avenida Senador João Lira.

A primeira agremiação a desfilar será o Urso Amigo Batucada, do Rangel, seguido da Tribo Indígena Africanos, do Cristo; da Escola de Samba Unidos do Roger e do Clube de Orquestra Piratas de Jaguaribe, que encerra o desfile.

Fonte: Portal Correio

Foto: Gilberto Firmino

Viradouro é a grande campeã do carnaval 2020 do Rio de Janeiro, após 23 anos de jejum. União da Ilha e Estácio de Sá foram rebaixadas.

G1 acompanhou ao vivo a apuração das notas, que aconteceu na tarde desta quarta-feira (26), diretamente da Sapucaí. 

O enredo “Viradouro de alma lavada” falou sobre o grupo das Ganhadeiras de Itaupã, quinta geração de mulheres que lavavam roupa na Lagoa do Abaeté e faziam outros serviços em Salvador em busca da compra de sua alforria.

“[Os carnavalescos] Marcos e Tarcísio corresponderam, conseguiram nos trazer o enredo, dentro de algumas opções. Quando a gente viu esse enredo, a gente se apaixonou, uma história representativa, uma história muito bonita, que nos honrou muito fazer. Tenho certeza que está em festa Itapoã, a Bahia está em festa,” disse o presidente da Viradouro, Marcelo Calil, que também chamou atenção para a renovação dentro da escola desde 2016.

O segundo título da Viradouro no Grupo Especial das Escolas de Samba do Rio de Janeiro foi o primeiro dos carnavalescos Marcus Ferreira e Tarcísio Zanon trabalhando juntos. Eles são casados há quatro anos e assumiram a escola substituindo Paulo Barros, que levou o vice-campeonato para a escola em 2019.

“Me lembro de quando era criança e o primeiro desfile que me apaixonei foi o de 97, com a Explosão do Universo. Poder estar na Viradouro junto com o meu companheiro e trazer o título para Niterói é um sonho realizado. Eu ainda nem estou acreditando, mas estou muito feliz e de alma lavada como diz o enredo”, disse Tarcísio Zanon ao lado do marido Marcus.

A Viradouro contou com apoio de R$ 2,5 milhões da Prefeitura de Niterói. Em nota, o prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, comemorou o título e disse que o investimento nas agremiações da cidade gera emprego, renda e movimenta a economia.

Musa da escola, Lore Improta cancelou seu voo de volta para a Bahia para curtir a vitória na quadra junto ao público.

“Eu ia voltar para a Bahia hoje, mas tive que cancelar o voo. Fiz questão de ficar e vim pra cá. Era o mínimo que eu podia fazer por essa comunidade que me abraçou, eu tenho que retribuir. A causa é nobre, somos campeões”, disse.

Quesito a quesito

A Grande Rio liderou a disputa até o 7º quesito, de Mestre-sala e Porta-Bandeira. A partir deste momento, a Viradouro assumiu o primeiro lugar e levou o troféu.

Trajetória no carnaval

Este é o segundo título da Viradouro. A escola de Niterói foi campeã do Grupo Especial do Rio em 1997. Ela ficou anos na Série A. No ano passado, ela foi vice-campeã com um enredo sobre histórias encantadas.

Já a Mangueira, campeã de 2019, ficou na 6º colocação no carnaval deste ano.

Ranking de títulos no carnaval

Com a vitória neste ano, a Viradouro chegou ao seu 2º título no carnaval do Rio de Janeiro, empatando com Unidos da Capela. A Portela é a maior vencedora, com 22 títulos.

Destaques do desfile

  • O samba tinha influência de afoxé, ritmo baiano, nos batuques e na melodia.
  • Na comissão de frente, a atleta da seleção brasileira de nado sincronizado Anna Giulia, vestida de sereia, dava mergulhos de até um minuto em um aquário com 7 mil litros de água mineral, representando a Lagoa do Abaeté.
  • Teve até cocada para o público. Os doces foram distribuídos ao lado das baianas, que representaram as quituteiras. As saias eram bordadas com figuras de abará, tapioca e acarajé.


O desfile mostrou as atividades que as Ganhadeiras exerciam: lavar roupa, carregar e vender água, cozinhar e vender alimentos, costurar, vender bugigangas etc.

Essas mulheres foram exaltadas no desfile como as “primeiras feministas do Brasil”, pela força que tiveram para ir atrás da liberdade e pela importância para a cultura da Bahia.

Foi o primeiro desfile do casal carnavalescos Marcus Ferreira e Tarcisio Zanon juntos na Viradouro.

A cantora Margareth Menezes desfilou como destaque do carro que lembrou as cirandas de roda à beira do mar aberto, uma contribuição das Ganhadeiras à música baiana.

A rainha de bateria, Raissa Machado, pelo sétimo ano na Viradouro, vestiu uma fantasia em homenagem à rainha dos Malês, Luiza Mahin, uma das lideranças da revolta pela libertação dos escravos em Salvador.

O grupo de encerramento se chamava “Lute como uma mulher!”, e levou mulheres negras ligadas à pauta feminista para a avenida.

Fonte: G1

Águia de Ouro é a grande campeã do carnaval 2020 de São Paulo. Este é o primeiro título da escola no Grupo Especial do carnaval paulista. Foi a primeira vez em 43 anos que a agremiação levou o título de campeã do carnaval de SP.

A escola levou o troféu com enredo sobre a evolução do conhecimento humano, da Idade da Pedra à esperança nos robôs e, em um carro sobre a educação, fez uma homenagem a Paulo Freire. No carro, havia um boneco de Paulo Freire com um livro e a seguinte frase, de autoria do educador: “Não se pode falar da educação sem amor”.

O G1 acompanhou ao vivo a apuração das notas, que aconteceu na tarde desta terça-feira (25) diretamente do Anhembi. Veja aqui.

Já as escolas Vai-Vai e Acadêmicos do Tucuruvi ficaram, respectivamente, em primeiro e segundo lugar do Grupo de Acesso e sobem para o Grupo Especial em 2021. A Nenê de Vila Matilde foi rebaixada para o Grupo Acesso II.

No Anhembi, a escola contou com um carro alegórico que provocou polêmica, representando as bombas lançadas sobre Hiroshima e Nagasaki, no Japão, durante a Segunda Guerra Mundial.

Em nota da escola, antes da apuração, a escola disse que a intenção foi uma “manifestação respeitosa” que “não pode ser confundida com qualquer tipo de insulto, difamação e principalmente desonrar uma triste lembrança do sofrimento de um povo irmão”.

A presença do carro no desfile de sábado (22) causou polêmica nas redes sociais. Representantes da comunidade japonesa disseram que o carro suscitava lembranças ruins e tristes.

Armando Guerra Júnior, o mestre Juca, que comanda a bateria da escola de samba, ficou tão emocionado com a vitória que disse que ia beijar a boca dos integrantes da agremiação.

A Rosas de Ouro e a Dragões da Real empataram na nota final. De acordo com a Liga das Escolas de Samba, o primeiro critério de desempate é a soma de todas as notas, inclusive as descartadas, exceto fantasia, como já havia sido acordado por causa da Pérola Negra, que perdeu 40% das fantasias com a fortes chuvas que invadiram o barracão a dez dias do desfile.

Dessa forma, o primeiro critério de desempate é sempre a somatória de todas as notas. Se o empate continuar, parte-se para o último quesito lido, que no caso foi bateria.

De acordo com o mestre Juca, que representa o presidente da escola, o diferencial que levou a escola à vitória foi a união da agremiação. “A união da comunidade. A gente veio do grupo de acesso em 2019, ficamos em sexto lugar no Grupo Especial e provamos que a gente era grande.”

Em apuração emocionante, a escola deslanchou no penúltimo quesito e desbancou a Tatuapé, que liderava desde as primeiras notas.

Tati Minerato, musa da escola, comemorou o título direto do Rio de Janeiro. Ela deixou a Gaviões da Fiel no ano passado e estreou como musa da Águia este ano.

“Eu estou muito feliz e muito, muito emocionada! Acompanhei a apuração pela internet. Desde o momento em que eu estava na concentração eu senti a emoção e realmente os carros e as fantasias estavam ótimas, a comunidade estava bem entrosada. Lutamos muito pelo título. Quando terminou o desfile eu sabia que estaríamos entre as três no mínimo. Realmente foi um belíssimo desfile. O presidente e o carnavalesco Sydnei França fizeram um excelente trabalho. E eu fui pé quente hein!”

Trajetória no carnaval

Em 2019, a Águia voltou à elite do carnaval paulistano e ficou em sexto lugar no Grupo Especial. O enredo foi um protesto contra a ganância e a corrupção.

Ranking de títulos no carnaval

Rebaixada em 2019, a Vai-Vai é a maior campeã do carnaval de São Paulo, com 15 títulos conquistados. Em segundo, está a Nenê de Vila Matilde, com 11, seguida de Mocidade Alegre, com 10, e Camisa Verde e Branco, com 9. A Rosas de Ouro, que ficou em sétimo lugar na disputa em 2020, tem 7 títulos.

Além da Águia, que nunca tinha ganhado antes deste ano, a Mancha Verde também tem apenas um título, conquistado no carnaval de 2019.

desfile

A escola mostrou os lados bom e ruim do uso da sabedoria – desde a invenção da roda até tragédias como a bomba atômica.

  • O terceiro carro lembrou o bombardeio de Hiroshima, no final. 120 pessoas fizeram uma encenação sobre a devastação. Algumas delas eram parte da comunidade japonesa de SP.
  • O carro sobre a bomba impressionou, mas o desfile terminou com tom otimista, imaginando um futuro sustentável com a tecnologia usada para o bem.
  • Tati Minerato estreou como musa na Águia depois de 20 anos de Gaviões da Fiel.

O nome do enredo foi “O Poder do Saber – Se saber é poder… Quem sabe faz a hora, não espera acontecer”. Foi tudo contado em ordem cronológica, inclusive os momentos em que o homem usou a sabedoria para o mal.

Foi a estreia do carnavalesco Sydnei França na Águia de Ouro. Ele já fez 11 desfiles pela Mocidade Alegre, foi carnavalesco da Vila Maria e também da Gaviões da Fiel.

O desfile foi dividido em cinco setores. O primeiro falou sobre a pré-história e os primeiros passos do conhecimento, como a ala que representou o fogo, a agricultura e a roda.

A segunda parte falou sobre a sabedoria intelectual, que levou ao desenvolvimento da comunicação e da cura. O terceiro setor mostrou inventos tecnológicos e avanços científicos. Foram representados, por exemplo, Santos Dumont e o avião, Albert Einstein e a teoria atômica. Foi neste trecho que apareceu o carro com o alerta sobre a bomba atômica e o conhecimento usado para a destruição.

O quarto setor exaltou a educação, inclusive no Brasil, com um carro em forma de escola com homenagem a Paulo Freire.

O último projetou um futuro em que a tecnologia, inclusive a dos robôs, promove valores de justiça social e sustentabilidade.

Fonte: G1

Foto: Fabio Tito/G1

A programação de carnaval do Litoral da Paraíba shows com vários ritmos nesta segunda-feira (24). Cabedelo, Conde, Lucena, e Baía de Traição recebem artistas como Val Donato, Capilé, Gil Bala e Bonde do Brasil.

No Conde, Litoral Sul, os shows acontecem na Praça do Mar, em Jacumã a partir das 20h.

Já em Cabedelo, os shows acontecem no Calçadão da praia de Formosa, a partir das 21h30.

Em Baía da Traição e em Lucena os shows também acontecem na orla das cidades.

Confira as programações:

Carnaval de Cabedelo

  • Local: Calçadão da praia de Formosa
  • Horário: 21h30
  • Atrações: Capilé Axé e banda Pra curtir

Carnaval de Conde

  • Local: Praça do Mar, praia de Jacumã
  • Horário: 20h
  • Atrações: Dj Brazinha, Val Donato Axé 90, Beto Movimento e Dj Adiel nos intervalos dos shows

Carnaval de Lucena

  • Local: Orla de Lucena
  • Horário: 22h
  • Atrações: Bonde do Brasil, Gil Bala e Robertinho

Carnaval de Baía da Traição

  • Local: Orla de Baía da Traição
  • Horário: 22h
  • Atrações: Gil Bala, Joyce Tayná, Filipe Santos e Arnno Sax

Fonte: Paraíba Já

O Carnaval de Boa ainda tem bloco desfilando neste domingo (23). O bloco Cordão do Frevo Rasgado terá sua concentração na Praça Wanda Lucena, Jardim Oceania, a partir das 16h, e conta com o cantor e compositor Liss Albuquerque, além de alguns artistas convidados, juntamente com a Orquestra Paraíso Tropical de Frevo.

No domingo seguinte (1º), o bloco Viúvas da Torre se concentra na Esquina do Supermercado Santiago, Rua Manoel Deodato, a partir das 16h20. Vai ser animado pela banda Brasis, Axé do Yuri, Maracastelo, Orquestra de Frevo AZDD, que percorrem as ruas do bairro levando muito frevo no pé para os foliões.

Neste ano, mais de 200 blocos animam os foliões da cidade no projeto Folia de Rua. Os desfiles dos blocos fazem parte da programação do Carnaval de Boa, realizado em parceria com o Folia de Rua, que é apoiado pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por meio de sua Fundação Cultural (Funjope).

PROGRAMAÇÃO FOLIA DE RUA

DOMINGO – DIA 23/02

Bloco Cordão do Frevo Rasgado

Concentração: Praça Wanda Lucena, Jardim Oceania, 16h.

Atração: Liss Albuquerque & Convidados e Orquestra Paraíso Tropical de Frevo

DOMINGO – DIA 01/03

Bloco Viúvas da Torre

Concentração: Esquina do Supermercado Santiago, Rua Manoel Deodato, 16h20

Atração: Banda Brasis, Axé do Yuri, Maracastelo, Orquestra de Frevo AZDD.

Fonte: Paraíba Já

A programação de carnaval das cidades do Litoral da Paraíba têm blocos e shows neste sábado (22). As cidades de João Pessoa, Cabedelo, Conde, Lucena, e Baía de Traição recebem clubes de frevo e bandas como Nagibe, Caburé e Kitara.

Em João Pessoa, os blocos começam as concentrações a partir das 15h. Os desfiles do Carnaval Tradição começam a partir das 17h na Avenida Duarte da Silveira. No Conde, Litoral Sul, os shows acontecem na Praça do Mar, em Jacumã a partir das 20h.

Já em Cabedelo os shows acontecem no Calçadão da praia de Formosa, a partir das 21h. Em Baía da Traição e em Lucena os shows também acontecem na orla das cidades. Confira a programação:

Carnaval de João Pessoa

Blocos

  • Bloco Bom D+
    Concentração: Rua Abel da Silva, próximo a Rádio Comunitária Cruz das Armas FM
    Atrações: Orquestra de frevo, Troças, Bandas Locais
    Horário: Infantil das 15h às 18h – Adulto às 18h
  • Bloco Vaca Morta
    Concentração: Praça da Conquista, Padre Zé
    Atração: Alberto Bakana
    Horário: 21h
  • Bloco Boi do Bessa
    Concentração: Em frente ao Bessa Brasil, Bessa.
    Atrações: Liss Albuquerque e Banda, Orquestra Gambiarra do Frevo
    Horário: 16h
  • As Raparigas de Chico
  • Concentração: Ponto de Cem Réis
  • Atrações: Nynho Evolução, Yuri Carvalho e Banda, Orquestra Sanhauá, Grupo Voz Ativa e banda Mafiota
  • Horário: 15h30

Carnaval Tradição

  • 17h30 – Convidado Especial – Coletivo Maracastelo
  • 18h às 18h2: Clube de Frevo Adolescente e Criança Feliz (Torre)
  • 18h30 às 19h: Tribo Indígena Ubirajara (Rangel)
  • 19h05 às 19h30: Clube de Orquestra A Corda do Frevo (Torre)
  • 19h35 às 20h05: Tribo Indígena Guanabara (Mandacaru)
  • 20h10 às 20h35: Clube Gigantes do Frevo (Torre)
  • 20h40 às 21h10: Tribo Indígena Xavante (Bairro dos Novaes)
  • 21h15 às 21h40: Clube de Frevo Alegria do Frevo (Torre)
  • 21h45 às 22h15: Tribo Indígena Tupy Guanabara (Água Fria)
  • 22h20 às 22h45: Clube de Frevo 25 Bichos (Jaguaribe)
  • 22h50 às 23h20: Tribo Indígena Africanos (Cristo)
  • 23h25 às 23h50: Clube de Frevo Sai da Frente Dona Emilia (Esplanada)
  • 23h55 às 00h25: Tribo Indígena Papo Amarelo (Cruz das Armas)
  • 00h30 às 00h55: Clube de Frevo Ciganos (Cruz das Armas)

Carnaval de Cabedelo

  • Atrações: Raiany Stefanny e banda Nagibe
  • Horário: 21h30
  • Local: Calçadão de Formosa

Carnaval de Conde

  • Atrações: Caburé, Bateria da Escola de Samba Malandros do Morro, Alberto Bakana e DJ Adiel nos intervalos dos shows
  • Horário: 20h
  • Local: Praça do Mar, praia de Jacumã

Carnaval de Lucena

  • Atrações: Kitara, As Poderosas e Balada de Patrão
  • Horário: 22h
  • Local: Orla de Lucena

Carnaval de Baía da Traição

  • Atrações: Gegê Bismark, Tonny Farra e Glício Lee
  • Horário: 22h
  • Local: Orla de Baía da Traição

Fonte: G1 PB

Mais três blocos desfilam no Folia de Rua neste sábado (22) pelos bairros da cidade. Entre eles estão: Bom D+, Vaca Morta e Boi do Bessa. Os desfiles dos blocos fazem parte da programação dos projetos Carnaval de Boa, em parceria com o projeto Folia de Rua, que é apoiado pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por meio de sua Fundação Cultural (Funjope).

O cantor e compositor Liss Albuquerque e sua banda, juntamente com a Orquestra Gambiarra do Frevo, são as atrações do Bloco Boi do Bessa, presidido pelo artista plástico Clóvis Júnior. Este ano, o bloco homenageia o jogador de futebol Givanildo Vieira de Sousa (Hulk), atacante do Clube Japonês Shangai SIPG.

O Boi do Bessa integra o projeto desde 1994. Surgiu com o objetivo de resgatar os cajueiros existentes no bairro que estavam sendo extintos pelas novas construções. O caju acabou se tornando símbolo do bloco, juntamente com o boi de reis da cultura popular, pintado em estilo Naiff por Clóvis Júnior. A concentração será na avenida principal do bairro, próximo aos bares que dão apoio ao bloco e a dispersão na Praça do Caju.

Padre Zé e Cruz das Armas – O bloco Bom D+ se concentra na Rua Abel da Silva, próximo à Rádio Comunitária de Cruz das Armas e anima o desfile do bloco orquestras de frevo, troças e bandas do bairro. O bloco infantil Bom D + se concentra às 15h e vai até as 17h. O bloco adulto se concentra a partir das 18h. No bairro Padre Zé, o bloco Vaca Morta se concentra na praça da Conquista, a partir das 21h. Quem anima o desfile do bloco é o cantor Alberto Bakana com muito frevo e axé.

Confira abaixo a programação do Programação do Projeto Folia de Rua que prossegue domingo (23), com o desfile do Cordão do Frevo Rasgado.

PROGRAMAÇÃO FOLIA DE RUA

SÁBADO – DIA 22/02

Bloco Bom D+
Concentração: Rua Abel da Silva, próximo à Rádio Comunitária Cruz das Armas FM. Orquestra de frevo, Troças, Bandas Locais
Infantil das 15h às 17h, Adulto às 18h

Bloco Vaca Morta
Concentração: Praça da Conquista, Padre Zé, 21h.
Atração: Alberto Bakana

Bloco Boi do Bessa
Concentração: Em frente ao Bessa Brasil, Bessa.
Atração: Liss Albuquerque e Banda, Orquestra Gambiarra do Frevo

DOMINGO – DIA 23/02

Bloco Cordão do Frevo Rasgado
Concentração: Praça Wanda Lucena, Jardim Oceania, 16h.
Atração: Liss Albuquerque & Convidados e Orquestra Paraíso Tropical de Frevo

DOMINGO – DIA 01/03

Bloco Viúvas da Torre
Concentração: Esquina do Supermercado Santiago, Rua Manoel Deodato, 16h20
Atração: Banda Brasis, Axé do Yuri, Maracastelo, Orquestra de Frevo AZDD


Fonte: Secom-JP com Paraíba.com.br

Foto: Kleide Teixeira/Secom JP

O comércio em João Pessoa e alguns serviços para a população não devem funcionar ou terão seu horário de expediente alterado no feriadão de Carnaval que começa neste sábado (22). Já na quarta-feira (26) de Cinzas, a maior parte dos serviços devem ser normalizados a partir do meio-dia.

O ClickPB apurou e confira o que vai estar aberto e os horários de funcionamento dos estabelecimentos durante o feriado. 

Confira:

Justiça

O Tribunal de Justiça da Paraíba, a Justiça Federal no estado, o Ministério Público da Paraíba e o Ministério Público Federal terão ponto facultativo na segunda-feira (24) e terça-feira (25).Neste período, o Poder Judiciário estadual funcionará em regime de plantão. 

Na quarta-feira de cinzas (26), o horário de trabalho volta ao normal, das 12h às 18h em todo o Estado. Já nos nos fóruns da capital e no Tribunal de Justiça da Paraíba, na quarta-feira de cinzas (26), o horário de trabalho será das 12h às 19h, em todo o estado.

Repartições públicas                 

O Governo do Estado decretou ponto facultativo em todo o Estado da Paraíba, na segunda-feira (24) e terça-feira (25), o expediente inteiro será facultativo. Na quarta-feira de cinzas, dia 26 de fevereiro, o expediente será facultativo somente até as 12h.

Apesar dos pontos facultativos, o funcionamento dos serviços essenciais deverá ser preservado.

Os veículos oficiais, inclusive os de representação da Administração Direta e Indireta do Poder Executivo, deverão ser recolhidos às repartições “após o término do expediente do dia 21 de fevereiro de 2020 e liberados uma hora antes do início do expediente do dia 26 do corrente mês, quarta-feira de cinzas, e ainda, que qualquer liberação excepcional seja precedida de autorização da Casa Militar do Governador, excetuando-se ambulâncias, veículos de fiscalização da Secretaria de Estado da Receita, da Secretaria de Estado da Administração Penitenciária, da Secretaria de Estado da Segurança e Defesa Social, das Polícias Civil e Militar e da Casa Militar ou que estejam a serviço deste”. A Polícia Militar foi incumbida de apreender e recolher os veículos encontrados transitando sem autorização.

A Prefeitura de João Pessoa também decretou ponto facultativo na segunda-feira (24) e terça-feira (25), nas secretarias e órgãos da administração direta e indireta. Na quarta-feira(26), o funcionamento dos setores começará às 14h.

Em virtude dos pontos facultativos, a Portaria estabelece que os veículos oficiais sejam recolhidos às suas repartições de origem ou ao Centro Administrativo Municipal, em Água Fria, após o término do expediente do dia 21 de fevereiro. Os carros oficiais serão liberados, excepcionalmente, a partir das 14h, do dia 26. Contudo, os secretários municipais poderão autorizar, em caráter excepcional e de acordo com o interesse público, a utilização dos veículos fora do horário determinado.

Nesses dias de mudança no horário de expediente e de ponto facultativo, os órgãos e secretarias da PMJP que prestam os serviços essenciais, como a Guarda Municipal, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), a Defesa Civil, a Autarquia Especial de Limpeza Urbana (Emlur), além dos estabelecimentos de saúde, como os hospitais municipais e UPAs, funcionarão normalmente.

Bancos
A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) informou que apenas na segunda-feira (24) e terça-feira (25) de Carnaval não haverá atendimento ao público nas agências. Na quarta-feira de cinzas (26) o início do expediente será às 12h até às 16h. 

Trens

A Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) de João Pessoa comunica que os trens não irão funcionar durante o Carnaval. A operação comercial será encerrada na tarde do sábado (22) e retomada na quarta-feira de cinzas (26), com início das viagens às 11h58 para Cabedelo e 12h12 para Santa Rita até às 19h48.

Dia 22 – Sábado – Normal – Das 04h30 às 13h33.
Dia 23 – Domingo – Os trens não funcionam aos domingos.
Dia 24 – Segunda feira de Carnaval – Não haverá funcionamento dos trens.
Dia 25 – Terça feira de Carnaval – Não haverá funcionamento dos trens.
Dia 26 – Quarta feira de Cinzas – Início da operação comercial com viagem de João Pessoa para Cabedelo às 11h58 e de João Pessoa para Santa Rita às 12h12 até às 19h48.

Comércio

De acordo com o Sindicato dos Lojista, o comércio na capital paraibana funciona normalmente no sábado (22) e segunda-feira (24). Já no domingo (23), o comércio não funciona. Já na terça-feira (25) fica a critério do lojista abrir, podendo negociar com seus funcionários. O expediente na quarta-feira de cinzas (25) será a partir do 12h.

Shoppings

Manaíra Shopping

Sexta-feira – 10h às 22h
Sábado – 10h às 22h30
Domingo – 12h às 22h (lojas) / 11h30 às 22h (alimentação e lazer)
Segunda, terça e quarta-feira – 10h às 22h

Mangabeira Shopping

Sexta-feira e sábado – 10h às 22h30
Domingo – 12h às 22h (lojas) /11h às 22h (alimentação e lazer)
Segunda a quinta-feira – 10h às 22h

Shopping Tambiá

Sábado (22) – 9h às 20h (lojas) | 9h às 21h (alimentação)
Domingo (23) e Segunda (24) – 12h às 20h (lojas) /12h às 21h (alimentação)
Terça-feira (25) – Fechado
Quarta-feira (26) – 12h às 20h (lojas)/12h às 21h (alimentação)

Mag Shopping

Sábado (22) e domingo (23) – 10h às 22h
Segunda (24) e terça (25) – 13h às 21h (lojas) /12h às 22h (alimentação)
Quarta (26) – 12h às 22h

Shopping Sul

Sábado (22) – 10h às 22h
Domingo (23) – 12h às 20h (lojas) /11h às 22h (alimentação)
Segunda-feira (24) – Fechado
Terça-feira (25) – Fechado
Quarta-feira (26) 12h às 20h (lojas)/11h às 22h (alimentação)

Shopping Pátio Altiplano

Sábado (22) – 10h às 22h
Domingo (23) – 12h às 22h (alimentação)/13h às 21h (lojas e serviços)
Segunda-feira (24) – 10h às 22h
Terça-feira (25) – Fechado
Quarta-feira (26) – 12h às 22h

Estação Cabo Branco

A Estação Cabo Branco funciona em horário e programação especial. No sábado (22), o horário é das 10h às 19h, com oficina de máscaras de Carnaval (14h), apresentação da Orquestra Turbilhão do Frevo no Anfiteatro (16h) e aulão de fit dance com professores do projeto Vida Saudável (17h30).

No domingo (23), a Estação funciona no mesmo horário do sábado. Na programação tem oficina de contação de histórias (10h30), oficina de teatro (14h) e show de Alexandre Lima com músicas de marchinhas no anfiteatro, a partir das 17h.

Já nos dias 24 (segunda) e 25 (terça), a Estação Cabo Branco estará fechada, voltando a abrir ao público na quarta-feira (26), a partir das 14h.

Fonte: Click PB

As Muriçocas do Miramar, um dos mais tradicionais blocos pré-carnavalescos da cidade de João Pessoa, chega aos 34 anos de história como uma dos maiores festividades do mundo no período. Na edição deste ano, que acontece nesta quarta-feira (19), a principal atração do evento é o cantor pernambucano Alceu Valença.

Segundo programação oficial divulgada pela Prefeitura Municipal de João Pessoa, a concentração do bloco acontece a partir das 17h na Via Folia, na Avenida Epitácio Pessoa, na Zona Leste da Capital. Além de Alceu Valença, a programação também tem como atrações Fuba, Zé Neto, Capilé, orquestras de frevo e grupos de cultura popular.

Levando muita animação para a avenida, Alceu deve cantar grandes sucessos como ‘Anunciação’, ‘La Belle De Jour’, ‘Girassol’ e ‘Morena Tropicana’. 

Este ano, o Bloco Muriçocas do Miramar homenageia o cenógrafo Breno de Andrade Matos, um dos criadores do Centro de Artes Plástica e do curso de artes da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), junto do Archidy Picado.

Ele foi perseguido pela ditadura militar e passou um tempo fora da academia. Breno assinou vários estandartes do bloco e foi o criador do dragão do Bloco Eu Acho é Pouco, que sai todos os anos em Olinda (PE). Ele faleceu no ano de 2014 em João Pessoa, onde escolheu morar.

Fonte: Portal Correio

O Folia de Rua, projeto inserido no Carnaval de Boa da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), continua nesta terça-feira (18) com saída de três blocos: Portadores da Folia, 25 Bichos e Acorde Miramar.

O Portadores da Folia se concentra na Avenida Cabo Branco, em frente à Empadinha Barnabé, a partir das 15h, com saída prevista para as 16h e dispersão no Largo da Gameleira. O bloco tem como tema ‘Cultura, Paixão e Folia’ e será animado pela Escola de Samba Malandros do Morro, Ala Ursa da Torre, com participação especial do palhaço Pipi.

Além da participação do bloco do Hemocentro da Paraíba, que fará campanha no local para chamar atenção sobre a importância da doação de sangue, participam do bloco instituições e pessoas que trabalham com deficiência física, auditiva e da visão, como o Instituto dos Cegos, da Associação Paraibana dos Amigos dos Excepcionais (Apae), Funad e outros. A agremiação terá o apoio do Samu-192 e da banda Acredite.

Às 19h, quem desfila é o Bloco 25 Bichos, com concentração na Avenida Floriano Peixoto, em Jaguaribe. O bloco terá como atração uma orquestra de frevo.

Já as 21h o Bloco Acorde Miramar reúne músicos, artistas e moradores do bairro, vestidos de pijama, acordando as pessoas para a ‘Quarta-feira de Fogo’. A saída está prevista para às 23h59. O bloco percorre as ruas do bairro cantando e tocando marchinhas de antigos carnavais. A serenata de violões terá como convidados a Orquestra de frevo Splok e a PB Frevo.

Programação:

Dia 18/02 
15h – Bloco Portadores da Folia
Concentração: Av. Cabo Branco, em frente a Empadinhas Barnabé.
Atração: Banda Acredite e Orquestra de Frevo

19h – Bloco 25 Bichos
Concentração: Av. Floriano Peixoto, Jaguaribe.
Atração: Orquestra de Frevo

21h – Bloco Acorde Miramar
Concentração: Praça das Muriçocas, Miramar (saída às 23h59)
Atração: Serenata de Violões, Orquestra de frevo Splok e PB Frevo

Fonte: Portal Correio

Foto: PMJP