Category

ENTRETENIMENTO

Category

Recentemente, a apresentadora Xuxa surpreendeu seus fãs com uma mudança radical de visual para sua nova atração na RecordTV, o reality show ‘The Four’. A estrela raspou o cabelo e compartilhou o resultado nas redes sociais.

Como de costume, a artista recebeu entre dezenas de elogios, muitas críticas também. “Por que você raspou a cabeça?”, questionou um seguidor, “Uai, porque eu gosto. Eu quis, o cabelo é meu”, rebateu a loira.

“Está feia, parece um homem. E sou sua fã”, acrescentou outra. “Na boa, me respeita para eu te respeitar, tá?”, sublinhou a apresentadora. “Desculpa, mas não ficou legal”, disse outra. “Desculpa, mas eu gostei”, alfinetou Xuxa.

Fonte: Fama ao Minuto

Emissoras de sucesso na televisão, Record e SBT mantinham um acordo de cavalheiros por quase 20 anos e que havia sido selado verbalmente por Silvio Santos e Edir Macedo.

Apesar disso, o acordo, que previa que Record e SBT não tirariam profissionais televisivos com contratados ou em contrato válidos com a emissora concorrente, foi quebrado pela emissora de Edir Macedo. As informações são do colunista Ricardo Feltrin, do UOL.

Na semana passada, a Record assediou o jornalista Thiago Nolasco e o tirou do SBT. O repórter foi responsável por seguir os passos do presidente Jair Bolsonaro.

Ainda segundo Feltrin, o acordo já teria sido quebrado outra vez no passado, mais precisamente em 2008, quando Gugu Liberato trocou o SBT pela Record.

A atitude da emissora de Edir Macedo deixou a cúpula do SBT furiosa. Silvio Santos está em Orlando, nos Estados Unidos, onde passa férias. Porém, de lá, ele já está sabendo de tudo que está acontecendo e ordenou que haja retaliação e que o acordo chegue ao fim.

Dessa forma, a cúpula do SBT está autorizada a assediar jornalistas e estrelas da Record. Feltrin ainda informa que os nomes dos profissionais que serão buscados pela emissora serão mantidos em sigilo.

Fonte: IstoÉ

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas dos Estados Unidos voltou atrás na sua decisão de tirar a premiação de quatro categorias da transmissão ao vivo do Oscar 2019.

A pressão de diversos astros e cineastas contra a iniciativa, que jogaria para os intervalos comerciais a entrega de troféus aos vencedores das categorias de Direção de Fotografia, Edição, Curta-Metragem e Maquiagem e Cabelo, fez com que a iniciativa fosse revista.

Em breve comunicado, a Academia disse que “ouviu as opiniões de seus membros sobre a apresentação do Oscar” e que “todos os prêmios serão apresentados ao vivo, sem edições, em nosso formato tradicional”.

A polêmica foi consequência de um acordo entre a Academia e a rede americana ABC, que detém os direitos de exibição do Oscar nos Estados Unidos. Com o objetivo de diminuir a longa duração do evento para três horas, a Academia se comprometeu a realizar algumas mudanças na premiação. Assim, no começo desta semana, foi anunciado que quatro categorias seriam excluídas da transmissão ao vivo, passando a receber seus prêmios durante os intervalos comerciais.

A reação do Sindicato dos Diretores de Fotografia (ASC) foi de repúdio imediato à iniciativa, o que deu início a protestos entre cineastas nas redes sociais e culminou numa carta aberta endereçada ao presidente da Academia, John Bailey – que ironicamente é diretor de fotografia.

Vários astros, cineastas e profissionais de destaque da indústria cinematográfica assinaram o documento, que continuava a ganhar adesões nas últimas horas.

Entre os signatários do protesto, estavam vários candidatos ao Oscar 2019. Ao todo, 200 cinematógrafos, 75 diretores, incluindo Martin Scorsese, Alfonso Cuarón, Quentin Tarantino, Guillermo del Toro e Spike Lee, 80 atores, entre eles Bradley Copper, Glenn Close, Brad Pitt, George Clooney, Robert De Niro, Sandra Bullock e Emma Stone, bem como dezenas de produtores, editores, figurinistas, supervisores de VFX, etc, uniram-se contra a forma como a cerimônia estava sendo produzida.

Alfonso Cuarón, que é favorito a vencer o Oscar de Melhor Direção de Fotografia por seu trabalho em “Roma”, escreveu nas redes sociais: “Na história do CINEMA, obras-primas existiram sem som, sem cor, sem roteiro, sem atores e sem música. Mas nunca nenhum filme existiu sem CINEMAtografia e sem edição”.

Guillermo del Toro complementou a observação do conterrâneo. “Direção de Fotografia e Edição são o coração de nosso ofício. Eles não foram herdados de uma tradição teatral ou de uma tradição literária: eles são o próprio cinema”, tuitou o cineasta.

No ano passado, a transmissão do Oscar durou mais de 3 horas e meia, e teve a pior audiência já registrada pelo evento na TV americana.

O Oscar 2019 vai acontecer em 24 de fevereiro, em Los Angeles, com transmissão ao vivo no Brasil pelos canais Globo e TNT.

O post Academia volta atrás e todas as categorias serão premiadas ao vivo no Oscar 2019 apareceu primeiro em Pipoca Moderna.

Fonte: Pipoca Moderna

Eita, menina! Você está pronta para ver seus atores favoritos gravando em terras brasileiras? Pois parece que vai rolar: Animais Fantásticos 3 será no Brasil, diz ator do filme! Não tá entendendo nada? Calma, a gente explica!

Animais Fantásticos 3 será no Brasil

O ator Eddie Redmayne (Newt Scamander) e a própria autora dos livros, J.K Rowling já tinham adiantado que um dos filmes da franquia seria ambientado no Brasil, mais especificamente no Rio de Janeiro. Em novembro do ano passado, a escrito chegou até a trocar a imagem de seu Twitter por uma foto do Rio de Janeiro nos anos 1930. Na ocasião, J.K Rowling escreveu Rio de Janeiro errado (Rio da Janeiro) e brincou em seu Twitter: “Deveria saber escrever Rio de Janeiro após a quantidade de vezes que escrevi/digitei isso nos últimos meses”.

O spoiler de Dan Fogler

A revelação rolou em uma entrevista ao site Hey Guys: “Começamos (as filmagens) no outono. O filme será gigantesco. A razão que nos deram (para o atraso) é que o filme será maior que os dois primeiros juntos. Eles precisam de mais tempo de preparação e não queriam apressar nada. Posso dizer que vamos para o Brasil. Não sei muita coisa (risos). Receberei o roteiro mais próximo do início das filmagens”.

Reboot de Harry Potter

E a boa notícia para os fãs de Harry Potter e Animais Fantásticos não para por aí: Daniel Radcliffe acredita que a saga Harry Potter poderá ter um reboot no futuro! Olha o que ele disse em uma entrevista à TV Guide: “Eu definitivamente acho que terá uma outra versão disso [Harry Potter] durante minha vida. Vai ser interessante de se ver. No momento, esses filmes tem como um verniz sagrado em cima, mas isso ficará desgastado em algum ponto… Só estou intrigado para ver quando vai acontecer”.

Se ele está intrigado, imagina a gente!

Fonte: Todateen

Se você é do tipo de pessoa que adora acompanhar filmes de heróis e que há cerca de 10 anos estava circulando pelas salas de cinema procurando o que assistir, deve se lembrar muito bem de um certo frenesi quando Homem de Ferro foi lançado, em 2008.

Na época, a onda de filmes de heróis estava só começando e a DC, concorrente da Marvel, já estava na frente e se preparava para lançar Batman: O Cavaleiro das Trevas. Tentando não ficar para trás, a Casa das Ideias também decidiu produzir obras cinematográficas voltadas para adaptações de seus principais personagens dos quadrinhos.

Hoje, olhando para a grande importância de Homem de Ferro no Universo Cinematográfico Marvel, é difícil imaginar que a empresa cogitou não lançar o filme. Mas o que poucos sabem é que sua produção envolveu uma aposta de risco.

Voltando mais um pouco no tempo, ao ano de 1996, a Marvel declarou falência após alguns investimentos em empresas que não vingaram e foi obrigada a vender o direito de adaptação de alguns de seus heróis para que pudesse pagar suas dívidas e seguir no mercado. A ação resultou na migração do Homem-Aranha para a Sony e na ida dos X-Men para a Fox. Outros personagens, na época menos conhecidos, permaneceram com a Marvel, como Capitão América, Homem de Ferro e Thor.

Quando X-Men e Homem-Aranha foram lançados nos cinemas em 2000 e 2002, respectivamente, os principais chefes da Marvel perceberam que neste nicho havia uma grande oportunidade de prosperar novamente e recuperar seu lugar no mercado. A empresa procurou, então, um estúdio interessado em financiar a proposta do filme do Homem de Ferro, mas companhias como a Warner Bros. e a New Line recusaram, afirmando que estavam com medo de não receber um retorno positivo nas bilheterias.

Ansiosos para lançar o longa o quanto antes, os produtores executivos da Marvel tiveram uma ideia ousada: pedir empréstimo para um dos maiores bancos do mundo e deixar 10 de seus principais heróis como garantia. Assim, US$520 milhões foram adquiridos sob uma cláusula contratual de que personagens como Doutor Estranho, Pantera Negra, Hulk, Viúva Negra, entre outros, serviriam como respaldo financeiro caso a aventura dirigida por Jon Favreau não rendesse o esperado.

Mesmo considerando que Homem de Ferro poderia não arrecadar nem perto do necessário para cobrir a soma dos custos de produção, a Marvel seguiu em frente e felizmente emplacou um sucesso absoluto, iniciando o UCM e consagrando também o astro Robert Downey Jr. como um dos atores mais queridos da atualidade.

Fonte: Adorocinema

Aposta da Globo para a novela ‘O Tempo Não Para’, Adriane Galisteu surgiu como atriz na pele da estilista Zelda e chamou bastante a atenção dos telespectadores. No entanto, a famosa era contratada por obra e não houve renovação com a emissora.

De acordo com informações do jornalista Fernando Oliveira, da Jovem Pan, Galisteu está aguardando definições sobre seu futuro no canal. Ela tem como expectativa conseguir testes para emplacar um papel em uma próxima trama da emissora.

Vale lembrar que a apresentadora ganhou espaço na Globo após participar do ‘Dança dos Famosos’, no Faustão.

Fonte: StarsInsider

Longe da dramaturgia da Globo desde 2010, quando estrelou ‘Na Forma da Lei’, a atriz Ana Paula Arósio não tem previsão para voltar aos trabalhos na telinha. No entanto, há emissoras e produtora interessadas em contar com os trabalhos da estrela, inclusive, já houve uma proposta milionária para a estrela participar de uma nova série.

Segundo informações do site ‘O Canal’, a plataforma de streaming Netflix ofereceu, além da proposta em dinheiro, a possibilidade de gravar a participação da atriz em uma série nas proximidades da fazenda onde Ana Paula vive. Tudo para que ela aceite atuar no projeto.

Inicialmente, a produtora teria chamado a atriz para protagonizar a série, mas com a recusa, por conta da duração do tempo de gravação, a Netflix ofereceu um papel menor para a artista. “A intenção atual é de que ela participe de três episódios, tendo grande espaço no arco da história”, comentou uma fonte ligada à Netflix.

Ainda segundo a publicação, a Netflix ofereceu para Ana Paula Arósio para apenas três episódios uma proposta de R$ 1 milhão. Isso seria mais de R$ 300 mil por episódio, um salário muito maior que qualquer ator brasileiro recebe atualmente.

Fonte: StarsInsider

Se preparando para estrear um novo reality musical, o ‘The Four’, na RecordTV, a apresentadora Xuxa disse que descobriu que possui um problema em suas cordas vocais. Durante a gravação da atração a loira comandou seu programa com voz bastante rouca e deixou a emissora preocupada.

Em entrevista ao site ‘Notícias da TV’, Xuxa falou sobre o problema: “Eu estou com um problema nas minhas cordas vocais. Na segunda-feira (5), a direção sentiu bastante que a minha voz não chegou até o final do programa, porque eu estava rouca”, explicou ela, que finalizou suas atividades “sem conseguir projetar sua voz”.

Diante do problema, a emissora religiosa se viu na obrigação de contratar uma fonoaudióloga com o objetivo de cuidar da voz da apresentadora até o último episódio da atração, que será ao vivo.

“É um calo normal nas cordas vocais. Usei a minha voz esse tempo todo e não aqueci antes de entrar no palco. Eu imaginei que não precisaria fazer aquecimento, mas como eu uso bastante a minha voz eu deveria ter feito. Tenho que trabalhar nisso, mas isso não quer dizer que vou voltar a ter a voz que tinha aos 20 anos, por causa da minha idade e pelo esforço que fiz sem me cuidar. Então eu vou ter o acompanhamento de uma fonoaudióloga para fazer o The Four”, explicou Xuxa.

A apresentadora também enfatizou que o cansaço da rotina de gravações da atração musical nos estúdios da produtora Vera Cruz, em São Bernardo do Campo (SP), contribuiu para que sua voz viesse a ser prejudicada. “Tivemos umas demoras, onde as coisas precisavam ser acertadas. Acredito que a partir do terceiro episódio já estará tudo mais certinho, mesmo que a gente tenha que esperar um pouquinho as coisas se arrumarem, vai ser mais fácil. Quando chegar o ao vivo estará muito legal. Neste momento a gente mais espera do que grava. Mas é normal, porque é um programa que a gente não conhecia o formato e a grandiosidade dele”, afirmou.

Fonte: StarsInsider

Após um suposto desentendimento com a atriz Marina Ruy Barbosa, o nome de Lília Cabral voltou a ser ligado à polêmica nos bastidores da Globo. Na emissora carioca, a equipe da novela ‘O Sétimo Guardião’ não fala de outro assunto e agora a história já vazou pra imprensa.

De acordo com informações da jornalista Fabíola Reipert, do quadro ‘A Hora da Venenosa’, Lília teria contribuído para que Luana Piovani fosse cortada do elenco da novela do horário nobre da Globo. Na trama elas seriam irmãs, Lília como Valentina e Luana como Marilda. A veterana teria dito que não contracenaria com a colega, insinuando que a loira não seria tão boa atriz.

Vale lembrar que quanto as informações da briga entre Marina e Lília, ambas atrizes negaram o fato e a assessoria de comunicação da Globo também desmentiu a informação em nota.

Fonte: StarsInsider

LOS ANGELES (Reuters) – A cerimônia do Oscar deste ano não terá um apresentador oficial, disse nesta terça-feira a presidente da ABC Entertainment, que transmite a premiação.

Karey Burke disse a repórteres que a cerimônia do dia 24 de fevereiro contará com celebridades para apresentar os prêmios, e que há planos para “uma abertura bem emocionante”.

Em dezembro, o comediante Kevin Hart desistiu de apresentar o Oscar, a premiação mais prestigiada da indústria cinematográfica, após o ressurgimento de antigos tuítes homofóbicos.

A cerimônia do Oscar só deixou de ter um apresentador oficial uma vez em seus 91 anos de história, na premiação de 1989.

Karey disse que a decisão de abrir mão de um anfitrião este ano foi tomada após o que descreveu como a “bagunça” envolvendo a renúncia de Hart.

“Depois disso, ficou muito claro que nós iríamos seguir em frente e simplesmente ter apresentadores apresentando o Oscar. Nós todos concordamos com essa ideia bem rapidamente”, disse Karey a repórteres durante reunião da Associação de Críticos de Televisão em Pasadena, Los Angeles.

Ela disse que a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, que organiza o Oscar, prometeu à ABC no ano passado que a transmissão será de apenas três horas –30 minutos a menos do que nos últimos anos.

“Então os produtores, eu acho, decidiram sabiamente em não ter um anfitrião e voltar a ter os apresentadores e os filmes como as estrelas”, disse Karey.

(Reportagem de Jill Serjeant)

Fonte: Reuters