Category

RIO GRANDE DO NORTE

Category

O batalhão do Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Norte (CBMRN) debelou um incêndio de grandes proporções que atingiu uma área florestal fechada, no final da manhã desta terça-feira, 10, na avenida Moema Tinoco, na zona Norte de Natal. Não houve vítimas. O local das chamas fica próximo à região de dunas. Uma viatura do CBM foi ao local para controlar o incêndio.

PREVENÇÃO

O CBMRN orienta mais uma vez a população que evite colocar lixo nas margens de rodovias e fazer queimadas em áreas rurais e urbanas. A vegetação está seca o que ajuda na proliferação de focos de incêndios. Em caso de incêndios criminosos, ligue 190 e denuncie.

Fonte: Agora RN

Foto: José Aldenir/ Agora RN

Os postos de combustíveis de Natal têm o litro da gasolina mais caro de todo o Nordeste. No último sábado, 7, segundo a Agência Nacional do Petróleo (ANP), o preço médio do produto na capital potiguar era de R$ 4,762. Este valor é R$ 0,10 acima do que o segundo colocado na lista, Aracaju (Sergipe), com R$ 4,66.

Ainda de acordo com a pesquisa feita pela ANP, com dados coletados nos postos combustíveis de todas as capitais nordestinas, o menor preço do litro da gasolina nos estabelecimentos pesquisados em Natal foi de R$ 4,59. Isso significa que o posto mais barato da capital potiguar ficou acima da média verificada nas capitais da região – R$ 4,49.

Entre as capitais nordestinas, a cidade de João Pessoa (Paraíba) tem o menor custo da gasolina. Os postos paraibanos estão cobrando R$ 4,316 pelo combustível. A capital de Pernambuco, Recife, está em segundo lugar, com R$ 4,32.

No mês de novembro, a Petrobras anunciou dois reajustes no valor da gasolina para as refinarias. No primeiro, do dia 18, o reajuste foi de 2,8%, e no dia 27 o aumento passou para 4%.

Preço médio da gasolina no Nordeste:

Média Nordeste: R$ 4,49

João Pessoa: R$ 4,316
Recife: R$ 4,320
São Luís: R$ 4,377
Maceió: R$ 4,481
Salvador: R$ 4,496
Teresina: R$ 4,519
Fortaleza: R$ 4,527
Aracaju: R$ 4,661
Natal: R$ 4,762

Preço máximo: R$ 4,990
Preço mínimo: R$ 4,59

Fonte: Agora RN

Foto: José Aldemir/ Agora RN

Um homem morreu atropelado por um caminhão ao tentar fugir de um ataque de abelhas, na manhã desta sexta-feira, 6, em São Gonçalo do Amarante, cidade da Grande Natal.

A vítima limpava seu terreno, quando um enxame de abelhas o atacou. Na tentativa de fugir, quando chegou na pista, um caminhão o atingiu, informou a Polícia Militar.

Fonte: Agora RN

Um homem morreu e duas pessoas ficaram feridas em um acidente na BR-101 na altura do bairro Boa Esperança em Parnamirim, na Grande Natal, na manhã desta quinta-feira (5). João Batista da Silva, de 46 anos, era carregador de cargas e estava no local esperando um caminhão chegar ao local para ir trabalhar, segundo o irmão dele.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) disse que o Voyage que causou o acidente vinha do centro de Parnamirim em direção à rodovia, perdeu o controle e bateu em um carrinho de lanches que estava em frente a uma parada de ônibus. Outro veículo, um Mille, também foi atingido.

De acordo com a PRF, o motorista e um passageiro do veículo que provocou o acidente apresentavam sinais de embriaguez. Eles tiveram ferimentos e foram atendidos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Fonte: G1 RN

Foto: Geraldo Jerônimo/Inter TV Cabugi

Uma carreta carregada de mangas tombou e acabou interditando a BR-304, que ligas as regiões Leste e Oeste do estado, na manhã desta quarta-feira (4). O motorista do veículo ficou levemente ferido.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente aconteceu por volta das 7h15 no quilômetro 122 da rodovia, próximo à entrada da cidade de Itajá.

O caminhão seguia no sentido de Mossoró a Natal, quando virou. O motivo do acidente ainda será apurado.

Ainda de acordo com a PRF, a estrada ficou praticamente toda interditada. Até a publicação desta matéria, apenas veículos de pequeno porte conseguiam passar pelo acostamento e pelas margens da rodovia.

Fonte: G1 RN

Foto: Focoelho

Três concursos públicos no Rio Grande do Norte seguem com inscrições abertas no mês de dezembro. Ao todo, são 414 vagas para os níveis fundamental, médio, técnico e superior em diferentes cidades do estado. Os salários variam de R$ 998 a R$ 10 mil.

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) oferta 71 vagas para candidatos com nível superior com titulação de especialistas e doutorado. Destas, 16 vagas são para Professor do Magistério da Escola de Ciências Médidas da UFRN, nas cidades de Caicó, Currais Novos e Santa Cruz. Os salários variam de R$ 2.688,95 a R$ 6.289,21.

As 55 vagas restantes são para os campi de Natal, Caicó, Currais Novos Macaíba e Santa Cruz. São várias áreas com salários entre R$ 2.688,95 e R$ 10.074,18. As inscrições para os dois concursos vão até esta segunda-feira (2).

Em Caicó, no interior do RN, a prefeitura da cidade abriu 328 vagas para os níveis fundamental, médio e superior. O maior salário ofertado é de R$ 1.975,85. As inscrições podem ser feitas até esta quinta-feira (5) pelo site da banca encarregada de organizar o certame.

A prefeitura de Viçosa, que fica a 370 km da capital potiguar, disponibiliza 17 vagas para os níveis médio, técnico e superior. Os salários variam de R$ 998, para os cargos de coveiro e auxiliar de sala, e R$ 2.400 para odontólogo e psicólogo. As inscrições seguem abertas até o dia 11 de dezembro de 2019 e podem ser feitas pelo site da comissão responsável por organizar o concurso.

Fonte: G1 RN

Foto: G1

As eleições suplementares para os cargos de prefeito e vice-prefeito de Ceará-Mirim e Alto do Rodrigues acontecem neste domingo, 1º, das 8h às 17h, e a Justiça Eleitoral potiguar já está com tudo encaminhado para que o pleito ocorra conforme o planejado. Ao todo, 62.360 eleitores do RN vão às urnas para escolher os candidatos.

O município de Ceará-Mirim, pertencente à 6ª zona eleitoral, contará com 47 locais de votação, 179 seções eleitorais e 161 urnas eletrônicas para atender à demanda de 51.837 eleitores aptos a votar. Além disso, 644 mesários voluntários atuarão no pleito garantindo a organização. Já em Alto do Rodrigues (47ª zona eleitoral), cujo eleitorado é menor – com apenas 10.523 pessoas aptas a votar, haverá 11 locais de votação, 39 seções e 32 urnas eletrônicas, além dos 128 mesários voluntários.

As novas eleições ocorrem em virtude da cassação e perda de mandato dos antigos prefeitos e vice-prefeitos de ambas as cidades, a partir de recentes decisões do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN).

DIA DE VOTAÇÃO

Os eleitores devem se dirigir aos seus respectivos locais de votação portando o título de eleitor ou, se preferir, o e-Título, que substitui o título de papel. Embora o Rio Grande do Norte já disponha de 100% da biometria, é recomendado que o cidadão leve também um documento oficial com foto para o caso da digital não ser reconhecida. Além disso, a Justiça Eleitoral recomenda que o eleitor faça uso da cola de papel contendo os dígitos de seus candidatos escolhidos para que o processo de votação se torne mais ágil. Lembrando que não é permitido fazer selfies com as urnas e que os eleitores não poderão entrar na cabide de votação portando smartphones.

Fonte: Agora RN

Quatro carros se envolveram em um engavetamento por volta das 7h30 desta quarta-feira (27) na Avenida Omar O’Grady, conhecida como prolongamento da Prudente de Morais, na altura do Parque da Cidade, no sentido Zona Sul. Ninguém ficou ferido.

O acidente aconteceu após um motorista parar em uma faixa de pedestres. O veículo Bora que vinha atrás conseguiu parar, mas outros três motoristas em um Cobalt, um Ka e um Ka sedan não conseguiram frear.

Com danos menores no veículo, o motorista do Ka Sedan conversou com os outros motoristas e deixou o local. Até às 8h a faixa da esquerda da via ficou interrompida e o trânsito no local ficou lento.

Fonte: G1 RN

Foto: Rafael Lopes/Inter TV Cabugi

Homens do Corpo de Bombeiros trabalham para conter um incêndio nas margens da BR-101, em Touros, no litoral Norte potiguar, no início da tarde desta quarta-feira (20). Segundo a assessoria da corporação, o incêndio foi registrado por volta das 13h15, no km 38 da rodovia, a 3 km da entrada da praia de Pititinga.

Uma equipe saiu do quartel em São Gonçalo do Amarante, na Grande Natal, e até às 14h30, trabalhava para conter as chamas. Até o fechamento desta matéria a assessoria do Corpo de Bombeiros não divulgou a causa do incêndio e o tamanho da área atingida.

Fonte: G1 RN

Foto: Redes Sociais/Whatsapp

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) deflagrou, na manhã desta terça-feira (19), uma operação com o objetivo de apurar um esquema fraudulento de cobranças e recebimentos de valores indevidos relacionados túmulos nos cemitérios públicos Novo Tempo e São Sebastião, localizados em Mossoró, no Oeste potiguar. A operação cumpre mandados de prisão preventiva e de busca e apreensão.

Batizada de Operação Luctus, a ação é resultado de uma investigação realizada pela 11ª Promotoria de Justiça de Mossoró e pelo Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco) para apurar os crimes de concussão e corrupção passiva, violação de sepultura e vilipêndio de cadáver, cometidos por uma organização criminosa que atua na cidade.

Segundo o Ministério Público, funcionários públicos são integrantes da organização criminosa, incluindo diretores dos cemitérios Novo Tempo e São Sebastião como ocupantes de elevada posição no esquema.

Participaram da operação 11 promotores de Justiça; 14 servidores do MPRN e 12 equipes policiais. O nome da operação refere-se ao termo luto, em latim.

Em nota, a Prefeitura de Mossoró informa que repassou todos os documentos solicitados pelo Ministério Público nas primeiras horas da manhã de hoje e que vai colaborar com a investigação. A ação de busca e apreensão também foi realizada nas residências dos administradores dos cemitérios.

Ambos são efetivos e ocupam a função há cerca de 20 anos. O município esclareceu que cada cemitério possui a própria gestão, com livros e informações específicos, como certidão de óbito, entre outros dados, que são de responsabilidade dos administradores.

Fonte: G1 RN

Foto: MPRN