Author

João Moura

Browsing

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, anunciou na manhã desta terça-feira (21) um aumento de 13% nos salários dos mais de 4,5 mil profissionais do magistério da Rede Municipal de Ensino da Capital.

De acordo com a nova tabela de pagamentos, os profissionais da Educação no regime de 30h e início de carreira com nível médio passam a receber uma remuneração de R$ 2.766,62. Com nível superior, entre professores e especialistas, o valor fica fixado em R$ 3.478,42. Mas, considerando os anos finais e profissionais com doutorado, a remuneração pode chegar a RS 9.213,51. O pagamento é retroativo a 1° de janeiro e o ganho real representa uma elevação três vezes superior à inflação acumulada em 2019, que ficou em 4,31%.

O anúncio aconteceu durante a abertura do ano letivo 2020, com a Formação Continuada do Programa Geração Alfabetizada reunindo mais de 300 diretores das escolas e creches, realizado no auditório do Tribunal de Contas do Estado (TCE), nesta terça-feira. A formação teve como tema ‘Escola boa é aquela que ensina e na qual o aluno aprende’, e recebeu a formadora da cidade de Fortaleza, professora Lucidalva Pereira Bacelar, com o objetivo de discutir sobre o papel da gestão escolar para garantir uma escola em que os alunos e alunas tenham uma educação de qualidade.

Concurso

A secretária de Educação de João Pessoa, Edilma da Costa Freire, destacou que a área será beneficiada também com concurso público para 700 profissionais neste ano. “As vagas serão destinadas à Educação Infantil, fortalecendo a maior rede de creches da Paraíba. Com isso, chegaremos à marca de 2 mil novos profissionais entrando pela porta da frente do serviço público apenas na Rede Municipal de Ensino”, destacou.

Fonte: Portal Correio

A Paraíba é o estado do país que concedeu o maior reajuste salarial aos servidores públicos em comparação com os demais estados, de acordo com dados do Conselho dos Secretários de Planejamento e da Gestão Estratégica das Finanças (Gefin).

O estado também se sobressai em relação ao governo central, que não sinalizou nenhuma perspectiva de aumento para os servidores federais.

Nessa segunda-feira (20), o governador João Azevêdo anunciou um reajuste linear de 5% para todas as categorias do funcionalismo público, contemplando, inclusive, os aposentados e pensionistas das administrações direta e indireta. Apenas dois estados – Espírito Santo e Paraná – já manifestaram que concederão aumento aos servidores, com percentuais de 3,5% e 2%, respectivamente. Os demais estados não concederão ou não definiram o percentual de reajuste.

Confira a tabela:

PB – Sim. 5%;
MA – não;
AP – não;
ES – 3,5% (Dez/19)
RO – não;
PA – indefinido;
RN – não;
MS – indefinido;
AL – indefinido;
AM – não;
PR – 2%;
CE – indefinido;
DF – não;
RJ – não;
PE – não;
MT – indefinido;
BA – não;
TO – indefinido;
SP – não
RS – não
SE- não
PI – indefinido
SC – indefinido
MG – não.

Fonte: Mais PB

Foto: Secom/ PB

O Governo Municipal não tem medido esforços nas ações de valorização dos servidores e no dia 20 de janeiro, o prefeito Elias Costa enviou para a Câmara Municipal, o Projeto de Lei que concede reajuste para servidores municipais, pelo quarto ano consecutivo, dentre eles: a atualização do piso do salário mínimo para 1039,00, o Piso Nacional do Magistério com um reajuste de 12,84%, o piso salarial dos conselheiros tutelares, dos agentes de endemias e saúde, e motoristas. Os projetos foram protocolados na manhã desta terça-feira (21).

“O servidor público é nosso maior patrimônio, procuramos de forma justa a valorização de todas as classes. Estamos cumprindo com os pagamentos, e adequando os salários dos profissionais sempre que aparece um reajuste, pois é direito do servidor e com isso, melhoramos ainda mais a renda familiar do funcionalismo e aquecemos o comércio, com a injeção desse benefício, mostrando a nossa responsabilidade com o dinheiro público, de uma administração focada em direcioná-lo de maneira correta”, ressalta o prefeito Elias Costa.

Fonte: Blog do João Moura com Assessoria da PMJ

Foto: Assessoria da PMJ

O ex-secretário de saúde de Lagoa de Dentro e ex-diretor geral do Hospital Frei Damião, Antônio Fernandes, e a ex-vereadora Jonalice Justino, confirmaram oficialmente o apoio às pré-candidaturas de Zezinho Rapadura e Leandro Vieira.

O anúncio a Zezinho e Leandro, aconteceu durante a realização da Festa de São Sebastião em Lagoa de Dentro, da qual os próprios participaram ao lado dos pré-candidatos, do prefeito Fabiano Pedro, lideranças políticas e comunitárias.

Para Antônio Fernandes é essencial que o trabalho que vem acontecendo no município continue. “Estamos aderindo o projeto de continuidade do trabalho e do desenvolvimento por Lagoa de Dentro, trabalho este que vem mudando para melhor o município num todo, temos certeza que o trabalho continuará tornando a vida de cada munícipe melhor.”, afirmou.

“Sigo a decisão demonstrada democraticamente por meio de consulta popular, a indicação do empresário Zezinho Rapadura e Leandro Vieira, nomes que estão presentes no dia a dia da nossa população, que junto a Fabiano Pedro contribuíram para o desenvolvimento que vem acontecendo em nosso município e que continuará pela vontade de Deus e a da nossa população. O progresso não pode parar! Lagoa de Dentro está no rumo certo e o trabalho vai continuar.”, destacou a ex-vereadora Jonalice.

O nome de Zezinho e Leandro vem recebendo adesões importantes, no último dia (15) a pré-campanha ganhou o apoio do suplente de vereador Bau Rufino, que sai da oposição para somar com o grupo liderado por Fabiano.

Fonte: Blog do Henrique Florêncio

Um carro capotou depois de o motorista perder o controle e atingir um poste na Rota do Sol, que liga Natal às praias do Litoral Sul, na manhã desta terça-feira (21). Ninguém ficou ferido. Policiais do Comando de Polícia Rodoviária Estadual (CPRE) foram ao local e controlaram o trânsito que ficou lento no local.

Segundo o motorista, que dirigia um modelo no sentido Natal, após uma falha mecânica no veículo, ele perdeu o controle, bateu em um poste de concreto, que ficou no chão, e capotou. Policiais do CPRE foram ao local e controlaram o trânsito.

De acordo com policiais, ninguém ficou ferido. Por volta das 8h o veículo foi desvirado e o trânsito apresentava lentidão no local.

Fonte: G1 RN

Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi

As inscrições para o Sisu (Sistema de Seleção Unificada) começam nesta terça-feira (21). O Sisu integra o calendário dos processos seletivos federais que usam o Enem como critério de seleção. Neste semestre, o Sisu vai ofertar 237 mil vagas em 128 instituições de ensino superior públicas, sendo 15,5 mil vagas na Paraíba.

O Sisu estará aberto até domingo, ou seja, por mais dois dias, por causa das falhas ocorridas na correção de algumas provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O anúncio foi feito pelo ministro da Educação, Abraham Weintraub, nessa segunda-feira (20) pela rede social Twitter.

Para participar do Sisu, é preciso ter feito o Enem 2019 e ter tirado nota acima de zero na prova de redação. Na hora da inscrição no processo seletivo é preciso informar o número de inscrição do Enem e a senha atual cadastrada na Página do Participante.

A nota do Enem está disponível desde sexta-feira (17) tanto no aplicativo, quanto na própria Página do Participante. É preciso informar o CPF e a senha cadastrada na hora da inscrição. Caso o candidato tenha esquecido a senha, pelo próprio sistema é possível recuperá-la.

É essa senha que deve ser usada na hora da inscrição no Sisu. O número de inscrição, que é solicitado também para participar da seleção, está disponível para cada estudante na Página do Participante.

Vagas para o Sisu na Paraíba

A Universidade Federal da Paraíba (UFPB) lidera a quantidade de vagas com 7.872. As vagas são destinadas aos 124 cursos da UFPB distribuídos nos quatro campi da instituição. A Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) ofertará 3.025 vagas para ingresso em cursos de graduação dos seus oito campi, conforme o Termo de Adesão aprovado pelos conselheiros. Já a Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) vai ofertar 3.160 vagas.

O Instituto Federal da Paraíba (IFPB) disse que vai ofertar 1.430 vagas, destinadas aos 39 cursos participantes, distribuídas da seguinte forma: 665 vagas para ampla concorrência, 49 vagas para ações afirmativas e outras 716 vagas pela Lei. Nº 12.711/2012 que garante reserva de 50% das matrículas por curso e turno nas 59 universidades federais e 38 institutos federais de educação a alunos oriundos integralmente do ensino médio público, em cursos regulares ou da educação de jovens e adultos.

Cálculo da nota

Na hora da inscrição, é possível escolher até duas opções de curso, de acordo com a ordem de preferência.

Alguns cursos, no entanto, têm certas restrições. O Sisu dá liberdade para as instituições de ensino definirem como usarão o Enem. Assim, determinado curso pode exigir, por exemplo, uma média mínima no Enem – que é a soma de todas as notas obtidas nas provas do exame, dividida por cinco – ou mesmo uma nota mínima em determinada prova. Isso faz com que, dependendo da nota obtida, estudantes não sejam classificados para determinados cursos.

É possível também conferir pesos diferenciados para as provas. A nota em ciências da natureza ou em matemática pode valer mais para um curso de física ou química, por exemplo. Dessa forma, a nota do estudante pode variar dependendo do curso para o qual ele está concorrendo.

Nota de corte

Uma vez por dia, o Ministério da Educação (MEC) divulga na página do Sisu as notas de corte, que são as menores para os candidatos ficarem entre os selecionados na modalidade escolhida. A nota de corte é calculada com base no número de vagas e no total de candidatos inscritos.

A nota de corte é apenas uma referência para auxiliar o candidato no monitoramento de sua inscrição. Ela não garante que o estudante seja selecionado.

É possível alterar as opções de curso feitas até o final do período de inscrição. O Sisu considera válida a última opção registrada pelos estudantes.

Reservas de vagas

Todas as universidades federais, institutos federais de educação, ciência e tecnologia e centros federais de educação tecnológica participantes do Sisu oferecem vagas reservadas para estudantes que cursaram o ensino médio em escolas públicas. Há instituições participantes do Sisu que disponibilizam ainda uma parte de suas vagas para políticas afirmativas próprias.

No momento da inscrição, o participante deve optar por uma dessas modalidades, de acordo com o seu perfil. Os estudantes concorrem apenas com os demais candidatos que fazem a mesma opção, seja pela ampla concorrência ou por alguma política afirmativa. O sistema selecionará, entre eles, os que obtiveram as melhores notas no Enem de 2019.

Cronograma de inscrições para o Sisu

As inscrições para o Sisu podem ser feitas de 21 a 26 de janeiro. No dia 28 de janeiro será divulgado o resultado da seleção. Os estudantes que forem aprovados deverão fazer a matrícula nas instituições de ensino entre 29 de janeiro e 4 de fevereiro.

Aqueles que não forem selecionados poderão ainda participar da lista de espera. O prazo para se candidatar é de 29 de janeiro a 4 de fevereiro. Os candidatos em lista de espera serão convocados pelas próprias instituições de ensino, entre 7 de fevereiro e 30 de abril.

Próximos processos seletivos

Além de participar do Sisu, os estudantes podem usar as notas do Enem para concorrer a bolsas de estudo pelo Programa Universidade para Todos (ProUni). As inscrições poderão ser feitas de 28 a 31 de janeiro. Podem também se inscrever no Programa de Financiamento Estudantil (Fies), de 5 a 12 de fevereiro.

Os estudantes podem ainda usar as notas para cursar o ensino superior em Portugal. O Inep tem convênio com mais de 40 instituições portuguesas.

Instituições de ensino públicas e privadas utilizam o Enem como forma de seleção independente dos programas de âmbito nacional. Os estudantes podem, portanto, consultar diretamente as instituições nas quais têm interesse em estudar.

Fonte: Portal Correio

Foto: Foto: Tânia Rêgo/ Agência Brasil

E o penúltimo dia de Festa foi marcado com muito forró. Alexandre Carvalho, Gleydson Gavião e Luan Estilizado, deixaram saudades.

Luan a última atração a se apresentar, tocou sucessos novos e o forró das antigas, segurando a plateia até o dia nascer. Gleydson, com seu estilo mais vaqueiro embalou a todos os presentes que não arredavam o pé do Calçadão da Lagoa Francisco Soares.

Os comerciantes locais, só tinham a comemorar, porque passaram por aqui, só no final de semana mais de 30 mil pessoas e muitos zeraram seus estoque já no sábado.

Fonte: Site da Prefeitura de Lagoa de Dentro

Fotos: Facebook da Prefeitura de Lagoa de Dentro

Uma criança de 5 anos morreu na noite desta segunda-feira (20), após levar um tiro acidental de espingarda,  no sítio Guaribas, localizado na zona rural de Conceição, na Paraíba. De acordo com as primeiras informações, o pai da menina teria colocado a espingarda atrás da geladeira.

O objeto teria caído e atingiu a criança que morreu ainda no local.

A Força Tática foi acionada no local. A espingarda foi apreendida e levada para a Delegacia da região.

A Polícia Civil deve investigar o caso. 

Fonte: Click PB

Corredor do nono andar do Anexo IV passa por obra hidráulica. Assessores que trabalham no local relataram estouro de cano.

Uma tubulação de água rompeu, na tarde desta segunda-feira (20), em um dos corredores do anexo IV da Câmara dos Deputados. A água inundou parte dos gabinetes, que tiveram que ser evacuados.

O cano se rompeu no nono andar, que passa por uma obra de manutenção na rede hidráulica. O volume de água foi tanto que passou para os andares de baixo.

O vazamento já foi contido e a água dos carpetes começou a ser aspirada. A Câmara ainda não tem informações se houve mais algum dano.

Assessores que trabalham no nono andar do prédio relataram à reportagem ter ouvido um estrondo bem forte e, em seguida, um barulho de ar escapando. Logo, a água começou a invadir os gabinetes.

De acordo com Charles Jacobina, que é funcionário de um deputado e trabalha no andar, o fornecimento de água nos gabinetes estava cortado desde o início do ano para a execução da obra.

Por essa razão, só podiam ser usados os banheiros no corredor. Ele conta que colegas haviam comentado com ele que o religamento da água estaria programado para esta segunda-feira.

“Talvez houvesse ar dentro da tubulação e, quando a água foi religada, houve uma pressão muito grande, que estourou o cano”, disse.

O assessor parlamentar Rafael Marinho, que trabalha no gabinete em frente ao local do vazamento, conta que, assim que o cano estourou, a água começou a invadir o escritório e colegas subiram nas cadeiras para evitar algum choque elétrico. É comum nos gabinetes que parte das tomadas fique no chão.

“Ficamos nos gabinetes até a brigada nos liberar, o que só foi feito após a energia ser desligada”, contou.

Leia a íntegra da nota da Câmara:

“No início da tarde de hoje, por volta de 13h30, durante as obras de manutenção na rede hidráulica, ocorreu uma ruptura no encanamento que passa no nono andar do Anexo 4 da Câmara dos Deputados. O fornecimento de água foi momentaneamente interrompido e o vazamento já está contido. Não há, ainda, informações sobre eventuais avarias causadas pelo acidente.”

Fonte: G1 DF