Category

POLÍCIA

Category

A polícia civil da Paraíba, representada pela 19ª DSPC ( Seccional de Sousa), por meio do Grupo Tático Especial – GTE e a ROTAM da Polícia Militar prenderam em cumprimento a mandado de prisão expedido pela 2ª Vara Mista da Comarca de Sousa/PB, a pessoa de Rosálio Bento da Silva, vulgo” Tiago de Uiraúna”, com 31 anos de idade.

Sendo o mandato de prisão referente a execução de Pena pelo crime de furto praticado no ano de 2014, nesta urbe.

A prisão ocorreu às 14:00 horas do dia 16.04.2019 nas proximidades do SAMU, da cidade de Sousa/PB.

Fonte: Assessoria da 19 DSPC Sousa

Foto: Assessoria da 19 DSPC Sousa

A Polícia Civil determinou a abertura de um inquérito para tentar descobrir o que teria motivado o assassinato da secretária de Educação da cidade de Boa Vista, Dayse Alves, ocorrido na noite dessa segunda-feira (15), em um motel localizado às margens da BR-104, em Campina Grande.

A polícia trabalha com a suspeita de que Dayse teria sido morta a tiros pelo marido, Aderlon Bezerra de Souza, que também se matou em seguida. Aderlan era funcionário municipal.

De acordo com o superintendente da Polícia Civil em Campina Grande, Luciano Soares, a partir desta terça-feira (16), familiares e amigos serão ouvidos na tentativa de elucidar o caso. O delegado disse que os corpos do casal estão no Instituto de Polícia Científica (IPC), onde estão sendo necropsiados.

A reportagem do Portal Correio ligou para o prefeito André Luiz Gomes de Araújo e para telefones fixos da prefeitura, para tentar confirmar a decretação de luto no município, mas até o fechamento da matéria não obteve êxito.

Portal Correio também tentou ouvir a delegada Nercília Dantas, que está à frente do caso, mas não teve as ligações atendidas.

O casal deixa duas filhas. O horário de velório e sepultamento ainda não foi definido pelos familiares.

Fonte: Portal Correio

A secretária de Educação do município de Boa Vista, no Cariri paraibano, foi assassinada  tiros na noite dessa segunda-feira (15) em um motel de Campina Grande. O marido da vítima é apontado como suspeito do crime.

A suspeita é de que ele tenha matado a esposa e logo em seguida atentado contra a própria vida. Dayse Alves foi convidada pelo marido para comemorar o aniversário dela, que foi ontem.

Armado com um revólver, Aderlon Bezerra de Sousa, que era motorista da Prefeitura, atirou contra a secretária, que morreu ainda no local.

Fonte: Mais PB

Um adolescente de 17 anos foi morto com um tiro de espingarda disparado por um primo, na noite deste domingo (14), em um sítio da zona rural de Conde, no Litoral Sul paraibano.

De acordo com a Polícia, o autor do disparo foi outro adolescente de 16 anos. A vítima estaria tentando abrir a porta quando foi atingido pelo tiro. Ele teria sido confundido com um bandido.

Ainda segundo a Polícia, foi realizado um tiro a curta distância e o tiro atingiu a boca da vítima que caiu e morreu no local. O suspeito fugiu e o caso será investigado pela Delegacia de Homicídios da Capital.

Fonte: MaisPB

Dois homens são presos em flagrante pela prática de violência contra a mulher nas cidades de João Pessoa e Cabedelo

A Polícia Civil da Paraíba, através das Delegacias da Mulher da Zona Sul (João Pessoa) e de Cabedelo, autuaram dois homens por violência doméstica. Eles foram presos em flagrante delito e processados por agressão física, injúria e ameaça às suas companheiras.

O primeiro caso ocorreu na cidade de Cabedelo, onde Josilvando Souza Silva injuriou e ameaçou a sua esposa, Elineusa dos Santos Silva. Eles são casados há 37 anos e têm quatro filhos adultos.

Segundo a delegada da Mulher de Cabedelo, Ivanisa Olímpio, o acusado “arranjou uma briga nos bares e chegou em casa querendo uma foice, quando a mulher não sabia onde estava, pois ele mesmo tinha guardado. Então ele agrediu a mulher com uma tapa nos peitos e esta caiu sentada numa cadeira. Josilvando também a agrediu moralmente, tendo chamado a atenção dos vizinhos, que acionaram a Polícia Militar. A PM compareceu ao local e efetuou a prisão em flagrante incurso na Lei Maria da Penha”, esclareceu.

Ainda segundo a delegada, a esposa do acusado não ficou com lesão física, mas representou contra ele e solicitou medida protetiva.

O segundo caso aconteceu no sábado, dia 13, no bairro de Jardim Veneza, na Capital, onde o mecânico Maike de Oliveira Ferreira, de 26 anos, foi preso em flagrante delito, acusado por sua namorada de agredi-a verbal e fisicamente. Após uma discussão entre o casal, Maike chegou a morder os lábios da companheira e quebrar o seu celular, tudo motivado por ciúmes. Ele foi levado para o plantão da Delegacia da Mulher, onde foi autuado em flagrante e encaminhado para a carceragem, devendo ser apresentado à audiência de custódia.

Fonte: MaisPB

A Polícia Militar prendeu, nessa sexta-feira (12), o homem suspeito de matar, esquartejar e queimar um jovem, no dia 3 de abril, no bairro do Renascer I, em Cabedelo, na Região Metropolitana de João Pessoa (RMJP). A prisão dele foi realizada por equipes da Força Tática do 1º Batalhão, no mesmo bairro onde aconteceu o crime.

O suspeito, que tem 21 anos, foi preso durante uma abordagem de rotina, na Rua Treze de Dezembro, onde foi flagrado com 31 trouxas e um pacote de maconha, além de munições.

Ele foi conduzido até a Central de Flagrantes e no depoimento teria assumido que seria o autor da morte que aconteceu no bairro do Renascer I, no começo do mês. De acordo com a polícia, o suspeito disse que o motivo seria uma dívida no valor de R$ 400. O caso está com a Delegacia de Homicídios.

Fonte: Portal Correio

Foto: Secom/PB


Um adolescente de 17 anos, amigo de Alison Bruno, acusado de matar a namorada na cidade de Soledade, contou detalhes do crime a Polícia.

Segundo o depoimento, o acusado teria assassinado a jovem a tiros em Soledade e enterrado o corpo. O adolescente nega que tenha participado da execução do crime.

Ao suspeitar que as investigações do crime estavam avançando, Alison Bruno teria desenterrando e queimado o corpo da jovem. Em seguida colou os restos mortais em uma sacola e levou para enterrar no município de Boa Vista.

Fonte: Paraibaonline

Foto: TV PB

Um homem de 26 anos foi preso, nessa quinta-feira (11), suspeito de ser integrante de uma facção criminosa e chefe do tráfico de drogas na Zona Leste de Campina Grande, no Agreste paraibano, a 120 quilômetros de João Pessoa. A prisão ocorreu em cumprimento a  mandados expedidos pela Vara de Entorpecentes e da Vara de Execução Penal da cidade.

Conforme a Polícia Civil, o homem já foi indiciado em quatro inquéritos policias pelos crimes de tráfico e associação ao tráfico de drogas. Ele é suspeito de integrar uma facção criminosa com atuação em todo o estado da Paraíba.

A ação do suspeito é caracterizada pela instalação de câmeras de monitoramento em bocas de fumo, postes de iluminação pública e por construção de barricadas irregulares na região Leste do município, para dificultar as ações policiais nos locais de atuação criminosa.

O material que era utilizado para monitoramento já foi identificado e removido pela polícia. Os mandados de prisão foram cumpridos através da Delegacia de Repressão a Entorpecentes. O suspeito, por sua vez, foi encaminhado para a Central de Polícia Civil.

Fonte: Portal Correio

Foto: Polícia Civil

Um homem foi preso no distrito de Galante, em Campina Grande, suspeito de matar um homem que teria tido relações sexuais com um animal de sua propriedade. A prisão foi executada pela Polícia Civil nesta quinta-feira (11).

Francisco de Assis Ferreira da Silva é suspeito de matar José Matias da Silva a golpes de faca e a pauladas, com a ajuda de um sobrinho de 16 anos.

O homicídio de José Matias aconteceu em novembro de 2018. O adolescente suspeito foi apreendido em flagrante e responde por ato infracional em processo na Vara da Infância e Juventude, da Comarca de Campina Grande.

A Polícia Civil afirma que o caso está elucidado agora com a prisão de Francisco de Assis.

Fonte: Click PB

Foto: Walla Santos

Em duas ações realizadas na região de Campina Grande, policiais civis conseguiram prender, nessa quarta-feira (10) dois suspeitos e apreender armas de fogo, munições, coletes balísticos, algema e cigarros clandestinos. Os trabalhos foram feitos pela equipe da Delegacia de Crimes Contra o Patrimônio de Campina Grande. Os dois homens presos foram identificados como Alisson Daniel da Silva Freitas, de 22 anos, e José Araújo dos Santos, de 30 anos.

Eles foram localizados na Vila dos Teimosos, no bairro de Bodocongó. Os presos foram flagrados com uma espingarda calibre 12, munições de diversos calibre, uma placa de colete balístico e drogas.

A outra ação policial ocorreu na divisa de Campina Grande com a cidade de Queimadas, na área conhecida como “Sítio do Zé Velho”. De acordo com o delegado Luciano Soares, os policiais realizaram buscas no local e encontraram um revólver calibre 38, munições, algema e caixas de cigarros de origem ilícita.

O suposto dono dos objetos não foi localizado, mas ele já foi identificado e será procurado. Um inquérito policial foi instaurado.

Fonte: Repórter PB