O secretário executivo do Turismo da Paraíba, Ivan Burity, pediu exoneração ao cargo, após ser preso durante a 5ª fase da Operação Calvário, deflagrada nesta quarta-feira, 9.

A Operação, encabeçada pelo Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco), cumpriu 13 mandados na Paraíba, sendo dois de prisão e 11 de busca e apreensão.

Confira a nota:

Mais cedo, o Governo da Paraíba também enviou nota à imprensa anunciando mediadas diante da deflagração da Operação Calvário.

Fonte: Paraibaonline