O programa habitacional Cidade Madura, desenvolvido pelo Governo do Estado, por meio da Companhia Estadual de Habitação Popular (Cehap) e da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Humano, para atender exclusivamente pessoas idosas, continua atraindo a atenção da imprensa nacional. Reportagem exibida nesta sexta-feira (14) no Jornal Nacional, da Rede Globo, destaca os benefícios do condomínio residencial, principalmente o fato das casas serem totalmente adaptadas às necessidades dos idosos, que se sentem mais seguros contra acidentes.

A reportagem informa que o condomínio Cidade Madura foi totalmente projetado pelo Governo do Estado para facilitar a vida e o deslocamento das pessoas com mais idade, citando alguns cômodos das casas que proporcionam mais segurança aos idosos, a exemplo dos terraços com rampas, fitas antiderrapantes no piso, portas largas para os que utilizam cadeiras de rodas e as barras de apoio nos banheiros. Em entrevista, o geriatra Jamerson de Carvalho afirma que morar em locais adaptados evita as quedas, consideradas como causas importantes de morte em idosos.

Durante a reportagem, a aposentada Daura Silva Farias, uma das moradoras do Cidade Madura de João Pessoa, ressalta que na outra casa onde morava tinha medo de cair, mas que agora anda por todos os cômodos da sua residência com segurança e fez questão de mostrar as barras de apoio existentes no banheiro.

O Condomínio Cidade Madura tem sido destacado na imprensa nacional e servido de referência para os demais estados brasileiros, a exemplo do Paraná e São Paulo. O modelo de gestão é um dos benefícios do Programa Cidade Madura que tem chamado a atenção de outros estados.

Atualmente, o Programa Habitacional Cidade Madura está presente em João Pessoa, Campina Grande, Cajazeiras, Patos, Guarabira e Sousa. Em breve será iniciada a construção do Cidade Madura em Monteiro, e já estão sendo feitos levantamentos para levar o Programa para outros polos do Estado.

A reportagem do Jornal Nacional pode ser conferida no link https://globoplay.globo.com/v/…

Fonte: Click PB com Secom/PB